Lullaby For Angels

janeiro 11, 2011

Pequena Chama – Parte 1

Filed under: Uncategorized — by gabi.lullaby.for.angels @ 12:40 pm
Tags:

Certa vez uma criaturinha admirável convidou-me para um colóquio. Quis compreender por quais espécies de sílabas eu havia entendido o que ela sussurrou por palavras – pois que era muito miúdo pra que eu escutasse sem perder etecéteras do que ela havia dito; mas por encanto entendi. Suas palavras fizeram com que meus lábios se desprendessem num sorriso o que pra mim foi um quase-encantado já que não sabia quem era ou o que queria. De onde estava, do tronco da sequóia que me apoiava, da grama úmida que tocava meus pés descalços, que perpassava os dedos de minhas mãos frias pelo orvalho do dia recém inaugurado, ou do pano do vestido sujo de lama que secara em meu corpo (pois havia chovido uma chuva sem fim na noite em que eu me abrigara ali) e por todos os outros ruídos ou medos que me tornavam uma covarde antes do serzinho chegar, assenti.

Como ponto delicado que desprende do  astro-rei, a pequena chama ( já que assim o parecia já que brilhava tanto ), aproximou-se de minhas bochechas abraçando-as num misto de ternura e riso – quem era afinal? Por não entender fechei os olhos. Por mais leve que me sentisse, por mais que meu corpo não mais reclamasse frio ou dor, uma pontada de desconfiança alfinetava-me e ressenti abrir os olhos. Pude sentir que flutuava e subia sempre. Mil perguntas passavam em minha mente mas não ousei quebrar o silêncio risonho da criaturinha que se aconchegava -senti- ao meu peito. Parei. Ou melhor, meu corpo parou e  quase tive a impressão de estar em algum bom lugar.

“Não aceitou chegar até aqui? Porque não abre os olhos afinal?” a voz da chama agora era bem mais audível e eu não tinha outra coisa a fazer.

Anúncios

12 Comentários »

  1. Lindo o texto, adorei!

    Comentário por Rêh — janeiro 11, 2011 @ 3:21 pm |Responder

  2. Seu blog é muito fofo, muito mesmo (dá vontade de apertar esses coelhinhos, nhonhonho). Posso linkar ele também?

    Tatuagens pequenas (ainda mais de asas) sempre me encantam. Dente-de-leão também. Suas idéias, e os motivos por trás delas são lindos e verdadeiros, sou super a favor das suas tatuagens *-* De verdade.

    Quanto ao texto, que conto lindo! Gosto bastante de ficar imaginando enquanto leio, e dava quase para sentir aquele cheiro de grama que a chuva da noite anterior trouxe. E a pequena chama me lembrou um pouco o Calcifer, do Castelo Animado. (aposto que já viu esse filme, pois é adorável <3)

    Beijos :*

    Comentário por Mimis — janeiro 12, 2011 @ 1:59 am |Responder

    • Oh! Claro que pode linkar também! Fico muito feliz que tenha gostado deste meu cantinho pois também adorei muito o seu <3

      Obrigada, em relação as tatuagens! Primeiro acho que vou precisar de um pouquinho de coragem e na primeira chance farei! Primeiro o coração com asas, depois o dente-de-leão ! Muito obrigada mesmo por me incentivar!

      Gosto muito de detalhes, sabe? Sou muito a favor de sentir palavras e por isso me esforço por fragmentar o que escrevo ainda que o que descreva seja um momento breve! Obrigada mais uma vez pelo que disseste do texto!

      E é Claro! Já vi inúmeras vezes o Castelo Animado! Não havia me recordado do Calcifer e ri quando identifiquei tentando associar o vozinha daquele foguinho do senhor Howl a minha chama! :DDD
      Obrigada pelo comentário!
      Beijinho!

      Comentário por gabi.lullaby.for.angels — janeiro 12, 2011 @ 12:53 pm |Responder

  3. Parte 2! Parte2!

    Comentário por mayfeel — janeiro 12, 2011 @ 2:07 pm |Responder

  4. Esse texto com esse plano de fundo do seu blog me deram um ar de fantasia!
    Esse seu layout ta a coisa mais meiga que tem, sério!! Amei!!! <3

    Comentário por Gabriella — janeiro 14, 2011 @ 5:57 pm |Responder

  5. gosto do jeito que você escreve! :) é bem legal aqui. haha.
    tem parte 2? eu tenho mania de escrever algumas coisa “parte 1” e nunca existe uma “parte 2”. tomara que você não seja como eu quando se trata dito!
    :)

    Comentário por bilaladeia — janeiro 18, 2011 @ 5:54 am |Responder

  6. Que lindo texto xará. E a frase final arrematou tudo.
    Parte 2, pls.
    beijos.

    Comentário por Gabriela — janeiro 20, 2011 @ 10:55 pm |Responder

  7. Texto doce demais, como a criaturinha ou pequena chama. Aguardo a parte dois, gabi!
    Beeijos e não tinha comentado, mas o layout ficou uma graça!

    Comentário por Gabriela — janeiro 22, 2011 @ 4:44 pm |Responder

  8. Que liiiindoooo Gabiiiii! Ameei!
    Acho incrível ler e ir imaginando, sem saber aonde a história vai nos levar.. Me senti flutuando :)

    Texto doce, e que coisa linda!
    Fazia tempo que não visitava o seu blog, e adorei os coelhinhos também, hahaha!

    Ai, você é muito fofa! x))))

    Beeijoo!

    Comentário por Gabriela — janeiro 31, 2011 @ 2:19 pm |Responder

  9. Nossa, 3 Gabrielas comentaram em seguida no mesmo post! Hahaha! :DD

    Comentário por Gabriela — janeiro 31, 2011 @ 2:20 pm |Responder

  10. Saudades de vir aqui… E como sempre, me deliciei com o texto. Muito bom mesmo. Bjus

    Comentário por Lidiane Abreu — fevereiro 5, 2011 @ 10:17 pm |Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: